Meu nome é Valéria Pellon. Minha vida com meu marido Leonardo foi atropelada por uma grande injustiça: em 11 de janeiro de 2007, Felipe, nosso anjinho tão esperado, nasceu em um dos melhores hospitais do Rio de Janeiro e, em função de negligência médica, sofreu lesões cerebrais irreversíveis durante o parto, em decorrência de asfixia. Após 5 meses internado na UTI veio pra casa com "home-care", como viveu até 11 de novembro de 2010, em estado vegetativo. Este blog é uma forma de "gritar" o nosso sofrimento e mostrar como o amor salva nossas vidas e nos faz sobreviver, a cada dia.



terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Aniversário do Felipe

11 de janeiro de 2010. Felipe faz 3 anos. Há 3 anos nossa alegria se tornou tristeza, nossas vidas passaram por um verdadeiro furacão. E há 3 anos eu fico pensando no que fazer neste dia do aniversário do meu anjinho. Por mais que meu coração sinta tristeza, eu não posso me sentar ao lado dele e chorar. Mas também não faz sentido comemorar...imagino o Felipe me dizendo “poxa vida mãe, olha a minha vida, olha o meu sofrimento, vocês estão comemorando o quê, enquanto eu tô aqui nessa vida horrível?”. Por outro lado, eu penso na luta dele desde que veio ao mundo. Quanto sofrimento ele passou, quanta dor, quantas picadas na veia, quantas sensações ruins ! Aí eu penso em quanto o Felipe merece um PARABÉNS. Não pelo seu anivesário, não pela data querida, não pelas felicidades nem pelos muitos anos de vida, mas sim pela força que ele tem. Se ele está aqui hoje é porque ele é um guerreiro, forte, muito forte. E se ele está aqui hoje, ele ainda tem muito o que nos ensinar, ele ainda precisa estar entre nós por algum motivo, não sei muito bem qual ... Mas ele merece sim que esse dia seja especial. É um dia em que os amigos querem estar junto, fazem questão de dar um telefonema, de dar um beijinho pessoalmente nele. Ele é um menino muito amado, muito querido, e eu tenho TANTO orgulho dele. Eu sempre digo que nem nos meus sonhos mais lindos eu imaginava ter um filho tão lindo, e nem nos meus pesadelos mais horríveis eu imaginava o que poderia acontecer com ele.
Ao meu filho lindo, razão do meu viver: parabéns pela sua força, pela sua garra e por tudo o que você tem nos ensinado.

5 comentários:

  1. Queridos,
    Hoje já é terça-feira, estou um dia atrasada...mas queria deixar um enorme beijo, pois ontem pensei o dia todo em vocês. Com a volta para casa da Letícia, não consegui chegar ao computador ou telefonar.
    Com carinho,

    Márcia (prima)

    ResponderExcluir
  2. Valéria, mandei um recado pelo mail da sua mãe.Espero que ela tenha oportunidade de fazer o que pedi.Bj grandão pro príncipe.tia gizélia

    ResponderExcluir
  3. Valeria,

    Dê um beijinho carinhoso no Felipe por mim e parabéns a vcs, por proporcionarem a ele viver com dignidade e cercado por tanto amor e dedicação.
    um beijo e tudo, tudo de bom!
    Juliana.

    ResponderExcluir
  4. Ops, liguei com um dia de atraso , mas sei que ele recebeu meu beijinho...

    ResponderExcluir
  5. O aniversário do Felipe é o aniversário de um guerreirinho, merece sim muito carinho, muitos parabéns por ser um lutador.
    Mas, bem mais do que isso, esse é o terceiro aniversário de Valéria-mãe-lutadora e de Leo-pai-lutador. É o aniversário do nascimento de duas pessoas que se provam, dia após dia, merecedoras de muita admiração!
    A luta continua, as alegrias e amarguras de tudo que vem acontecendo não cessa, mas, seja como for, esse menininho continua aí, firme e forte, contra todos as adversidades, para provar que o amor de mãe e pai é capaz das mais incríveis proezas.
    Um beijo carinhoso de uma mãe e seguidora desconhecida que acompanha, dia a dia, a história dessa família e que vê nesses pais um exemplo de amor a ser seguido!

    ResponderExcluir