Meu nome é Valéria Pellon. Minha vida com meu marido Leonardo foi atropelada por uma grande injustiça: em 11 de janeiro de 2007, Felipe, nosso anjinho tão esperado, nasceu em um dos melhores hospitais do Rio de Janeiro e, em função de negligência médica, sofreu lesões cerebrais irreversíveis durante o parto, em decorrência de asfixia. Após 5 meses internado na UTI veio pra casa com "home-care", como viveu até 11 de novembro de 2010, em estado vegetativo. Este blog é uma forma de "gritar" o nosso sofrimento e mostrar como o amor salva nossas vidas e nos faz sobreviver, a cada dia.



domingo, 3 de janeiro de 2010

Fim de ano

Fiquei um tempo sem escrever. O mês de dezembro foi muito corrido em termos de trabalho, e eu confesso que é uma época que eu gostaria de "pular". Natal e Ano Novo hoje em dia pra mim são motivos de tristeza, nostalgia. Esse ano mais ainda, porque foi o primeiro sem a presença do meu pai, que nos deixou em julho.

Na minha família estavam quase todos querendo ficar "quietos", em casa, sem fazer nada. Mas na última hora acabei fazendo a ceia em casa e alguns vieram pra cá. Passou rápido, ainda bem. Ano Novo também. E com a virada do ano, logo vem o aniversário do Felipe. Dia 11 de janeiro ele vai fazer 3 anos...

O ano que passou foi mais um ano complicado. A perda do meu pai, a mudança de trabalho, foi muito estresse e acho que eu me deixei um pouco de lado. No sentido de me cuidar, cuidar da minha saúde. Leo e eu sempre fomos muito ligados à vida saudável, alimentação saudável, exercícios, sol, e isso tudo foi ficando de lado. Hoje eu consigo ser quase mais branca que o Felipe, engordei e tudo isso vai incomodando...Então decidimos, Leo e eu, tentar melhorar um pouco esse lado. No dia 26 de dezembro nos matriculamos na academia. E lá também podemos usar como clube, pegar um sol na piscina. E este já foi o segundo final de semana que fizemos isso. Peguei um sol ! Continuo branca, mas pelo menos eu vi a "cor do sol"... O duro disso é o sentimento de sempre: fazermos uma vida sem o Felipe. É muito ruim sair para o clube e deixá-lo em casa. É difícil ficar olhando várias famílias com seus filhos curtindo um final de semana na piscina, enquanto nosso filho está na cama...sem que nada aconteça. Mas enfim, uma vez nossa psicóloga nos falou que nós não podíamos viver a vida do Felipe e isso foi muito duro. É muito difícil você enfrentar uma situação dessas e ir viver sua vida sem seu filho. Claro que eu vivo a vida dele ! Ele é meu filho ! Mas eu entendo que não posso viver as mesmas limitações que ele. Sei que ele precisa da gente saudável, forte, para estarmos bem ao lado dele. Na teoria, é fácil. Mas na prática...curtir um final de semana fora, ir para o clube, nada disso é igual sem ele. Dá muita dor no coração, mas precisamos continuar vivendo....Essa parece ser nossa meta para 2010.

Esse blog foi uma das coisas boas de 2009. Acho que está sendo muito bacana, os retornos que as pessoas nos dão são muito legais, outros nem tanto, mas não podemos agradar todo mundo né ? Estamos aqui para contar nossa história, nossa vida junto ao Felipe. Obrigada pelo apoio de todos que estão ao nosso lado e um Feliz Ano Novo !

7 comentários:

  1. oi Valéria, em primeiro lugar quero te dizer PARABÉNS, pela garra pela luta e pelas vitórias, mesmo que estas as vezes pareçam pequenas.
    Estava na net fazendo uma pesquisa sobre traqueostomia, quando entrei em seu blog; tenho que confessar que em muitos momentos parecia que estava lendo sobre mim, fiquei muito emocionada com seus depoimentos.
    Vivo uma situação muito parecida com a sua, fui mãe muito nova, com 17 anos, mas apesar da pouca idade tive muita maturidade para amar demais meu filho e enfrentar as lutas que começaram quando o Hiago estava com 2anos de idade. Meu filho tem leucodistrofia metacromatica, hoje ele está com 16 anos e no decorrer desses anos passamos por muitas coisas...gastro, respirador, home care, oxigenio, uti,e a última a traqueostomia, feita em novembro de 2009 e ainda estamos em fase de adaptação...sei bem as suas dificuldades relatadas em seus depoimentos, pois também as vivo.
    bjs
    Marlei

    ResponderExcluir
  2. O meu maior desejo pra 2010 é.....
    Ahhhh vocês já sabem!!!!

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Bom Valéria, espero que 2010 seja mais tranquilo dentro do possível.É realmente muito difícil aproveitar a vida quando se passa por uma situação como a sua.É um sentimento de culpa em relação ao Felipão o fato de vcs fazerem coisas prazeirosas e ele não estar junto.Só que o nosso príncipe precisa que todos ao redor dele estejam muito bem,fisica,emocional e espiritualmente.Seria como um remédio vcs aproveitarem como der as suas vidas,seja fazendo uma pequena viagem,indo a academia,piscina,cinema etc...É um remedinho meio amargo mas que vai fazer vcs mais fortes para o Felipão.Ele precisa que vcs façam isso.
    Um grande bj para vcs todos e o maior deles para Felipão.Tia Gi

    ResponderExcluir
  4. Oi Valéria,
    Te desejo um Ano Novo de muitas realizações, saúde e equlíbrio.
    Que o lindo Felipe tenha dias tranquilos e continue recebendo todo o amor e carinho de sempre.
    Cada vez que leio um post seu aqui no blog, tenho mais admiração por você...
    Feliz 2010 !
    um beijo,
    Juliana.

    ResponderExcluir
  5. Valeria, Leo e Felipe. Foi otimo passarmos a virada do ano juntos. Obrigado. mais uma vez, desejo um 2010 com excelentes realizacoes para voces. Beijos grandes. Paulo.

    ResponderExcluir
  6. Valéria e Leo:

    Mais um aninho para o Felipe e vê-los junto com os amigos ao redor dele,me comoveu demais.
    Como vcs dois são fortes e guerreiros! O amor que têm ao Felipe contagia a todos.Por isso, talvez ele seja mais amado. A couraça de proteção ao redor do nosso reizinho impede que alguém não o ame e respeite.
    Não pensei que tivesse uma filha tão corajosa e um genro tão guerreiro.
    Amo vcs e admiro-os cada dia mais e, mesmo sendo mais velha, ,ainda tenho muito que aprender com os dois.
    bjs da vovó Helena

    ResponderExcluir
  7. Desejo que o Mundo conspire a favor de vocês em 2010...que as estrelas brilhem mais cada vez que vocês abraçarem o Felipe...que as ondas do mar produzam energia positiva...que as orações dos amigos transformem a realidade...que o ar que vocês respiram seja cheiroso... Obrigada por todos os momentos que passamos juntos! Um beijo enorme nos 3. JU

    ResponderExcluir