Meu nome é Valéria Pellon. Minha vida com meu marido Leonardo foi atropelada por uma grande injustiça: em 11 de janeiro de 2007, Felipe, nosso anjinho tão esperado, nasceu em um dos melhores hospitais do Rio de Janeiro e, em função de negligência médica, sofreu lesões cerebrais irreversíveis durante o parto, em decorrência de asfixia. Após 5 meses internado na UTI veio pra casa com "home-care", como viveu até 11 de novembro de 2010, em estado vegetativo. Este blog é uma forma de "gritar" o nosso sofrimento e mostrar como o amor salva nossas vidas e nos faz sobreviver, a cada dia.



segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Querida Iris


Ontem recebi um comentário no blog da Iris, minha querida e muito amada sobrinha. Iris é uma flor na minha vida, tenho por ela amor de mãe. Queria dividir as lindas palavras dela. Me emocionei muito quando li, e não tive nem coragem de ligar para agradecer. Então aqui, minha querida, está o meu "obrigada" e minha admiração.

"Tia, parece que hoje eu tirei o dia para lembrar do Felipe.. escrevi isso, não sei se vai gostar, mas é o que a inspiração do momento quis dizer...

Eu ouvi falar, que existe uma vida dentro de nós que é chama,
E queima sempre que deixamos alguém que amamos voar para longe
Eu ouvi falar, e foi um anjinho, que por pouco tempo,
Muito pouco tempo esteve perto de mim
Mas me tocou no momento em que meu coração queimou e me disse que iria voar para bem longe,
mas que iria voltar com um sorriso que só as mães reconhecem
um sorriso que é um mistério para o mundo que um dia soube seu nome
eu não sabia que precisava de tempo para sentir a dimensão do que as coisas realmente são
mas agora que ele voou para longe, cada tempo que passa, torna a dimensão da chama maior
ela se mistura com lágrimas, lamentos, e perguntas que não têm respostas
mas eu lembro o que o anjo me disse que ele iria voltar,
de um lugar não tão distante de nosso amor e que quando o víssemos
ele iria sorrir um sorriso que poucas mães reconhecem."

5 comentários:

  1. Coisa mais linda, Valéria. É de se emocionar mesmo..

    Lindas palavras viu, Iris. A gente que nem te conhece agradece também.

    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  2. Valéria, que gesto mais lindo esse da Iris! Daí é que a gente entende cada vez melhor a força que o Felipe trouxe com ele e que deixou em cada um de todos que, de alguma forma, tiveram a oportunidade de conhecer a história de vocês...

    Um BjO :)

    ResponderExcluir
  3. Tia, fico muito feliz de vc ter gostado muito mesmo, foi de coração!! Adorei a homenagem também!
    Beijos !! =)

    ResponderExcluir
  4. Que coisa mais linda!!!
    Que saudade!!!

    ResponderExcluir