Meu nome é Valéria Pellon. Minha vida com meu marido Leonardo foi atropelada por uma grande injustiça: em 11 de janeiro de 2007, Felipe, nosso anjinho tão esperado, nasceu em um dos melhores hospitais do Rio de Janeiro e, em função de negligência médica, sofreu lesões cerebrais irreversíveis durante o parto, em decorrência de asfixia. Após 5 meses internado na UTI veio pra casa com "home-care", como viveu até 11 de novembro de 2010, em estado vegetativo. Este blog é uma forma de "gritar" o nosso sofrimento e mostrar como o amor salva nossas vidas e nos faz sobreviver, a cada dia.



terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Certeza (Fernando Pessoa)

De tudo, ficaram três coisas:
A certeza de que estamos sempre começando...
A certeza de que precisamos continuar...
A certeza de que seremos interrompidos antes de terminar...

Portanto devemos:
Fazer da interrupção um caminho novo...
Da queda um passo de dança...
Do medo, uma escada...
Do sonho, uma ponte...
Da procura, um encontro...

4 comentários:

  1. Lindo! Realmente, não podemos deixar que os obstáculos da vida não nos permita continuar a vivê-la!

    ResponderExcluir
  2. Lindo fofa,
    A dor continua, mas a gente escolhe se quer continuar sofrendo. "Tinha uma pedra no meio do
    caminho, no meio do caminho tinha uma pedra".(Drumond). Então, vamos viver e ser felizes do jeitinho que dá, mas sempre para frente! Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Que lindo...Tenho certeza que ele está em um lugar lindo e alegre...Eu sinto muita saudade dele,bjs.Dagmar

    ResponderExcluir