Meu nome é Valéria Pellon. Minha vida com meu marido Leonardo foi atropelada por uma grande injustiça: em 11 de janeiro de 2007, Felipe, nosso anjinho tão esperado, nasceu em um dos melhores hospitais do Rio de Janeiro e, em função de negligência médica, sofreu lesões cerebrais irreversíveis durante o parto, em decorrência de asfixia. Após 5 meses internado na UTI veio pra casa com "home-care", como viveu até 11 de novembro de 2010, em estado vegetativo. Este blog é uma forma de "gritar" o nosso sofrimento e mostrar como o amor salva nossas vidas e nos faz sobreviver, a cada dia.



terça-feira, 16 de novembro de 2010

Missa

Queríamos comunicar que faremos a missa de sétimo dia nesta sexta-feira, dia 19/11, às 18h30, na Paróquia Nossa Senhora da Paz, que fica na Visconde de Pirajá, 339 - Ipanema (em frente à Praça Nossa Senhora da Paz).

8 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Valéria, acompanho o seu blog há algum tempo. Conheço um pouco da sua historia com o Felipe e admiro o seu cuidado, a sua força e o seu amor . Você foi e é uma excelente mãe. Parabéns.
    Espero que com o tempo a sua dor diminua, um pouco, para que você consiga seguir com a sua vida.
    bjs,
    Carol

    ResponderExcluir
  3. Usando as mesmas palavras de Hiroyto, imperador do Japão: "Bem aventurados os que veem as cerejeiras em flor. Porem, mais Bem aventurados aqueles que veem as cerejeiras depois que suas petalas cairam." Assim é!
    Que voces possam superar essa dor pela qual estão passando e, temos certeza que o Felipe está na bem aventurança, velando por nós! Tio Guido e Tia Magda (Aparecida/SP)

    ResponderExcluir
  4. Sempre acompanhamos voces aqui e em varias ocasioes tentamos deixar algo. Porem, nunca achamos as palavras que julgavamos "certas". Hoje entretanto não podemos deixar de dizer sobre o amor sem dimensão que vcs tem pelo Felipe. Onde quer que ele se encontre tenham a certeza, ele sabe: É O FILHO MAIS AMADO DO MUNDO! Jamais iremos esquecer do beijo que deixamos nele quando estivemos aí. Continuem com Deus e vivendo um dia após o outro! Tato e Silvia (Aparecida/SP)

    ResponderExcluir
  5. Valéria, não nos vemos há muito tempo, mas desde que soube da vinda do seu querido Felipe, vcs nunca saíram dos meus pensamentos. Saiba que o seu intento de "gritar o seu sofrimento" através deste blog ecoou nos nossos corações e nos contagiou a todos com sua linda história de amor com Léo e Felipe. Tenha certeza de que Deus restaurará suas forças e curará suas feridas, cuidando de sua família, seus amigos e fazendo com que você volte a sorrir. Sua dor é imensurável, mas saiba que Deus estará cuidando de vc,como sempre esteve, apesar de tudo o que aconteceu. Todos nós que conhecemos a sua luta sofremos com você, tenha certeza. Com imenso carinho. Adriana Gouvêa

    ResponderExcluir
  6. Primos, voces são muito bacanas. Gosto muito de vcs e quero que vcs sejam felizes. Não quero que vcs fiquem tristes. Fiquem alegres e não chorem pelo Felipe pq ele tbém está feliz! Ditado pelo Gui (Aparecida/SP)

    ResponderExcluir
  7. Queridos papais do Felipe. Não há amor mais forte e verdadeiro do que o que vcs dedicaram a ele. Deixo aqui um beijo carinhoso pra vcs, com a certeza de que o Felipe está bem, feliz e orgulhoso dos seus pais. Luiz Coutinho e Caroline.

    ResponderExcluir
  8. querida Valeria, saiba que ha muitos coracoes com voce, compartilhando este amor infinito que conhecemos quando nos tornamos maes. Ele estara sempre com voce, brilhando nos seus olhos, trazendo paz a sua mente, vivendo no seu coracao, tenha certeza disso e conte conosco, bia gaspar (Fundacao Arte de Viver)

    ResponderExcluir