Meu nome é Valéria Pellon. Minha vida com meu marido Leonardo foi atropelada por uma grande injustiça: em 11 de janeiro de 2007, Felipe, nosso anjinho tão esperado, nasceu em um dos melhores hospitais do Rio de Janeiro e, em função de negligência médica, sofreu lesões cerebrais irreversíveis durante o parto, em decorrência de asfixia. Após 5 meses internado na UTI veio pra casa com "home-care", como viveu até 11 de novembro de 2010, em estado vegetativo. Este blog é uma forma de "gritar" o nosso sofrimento e mostrar como o amor salva nossas vidas e nos faz sobreviver, a cada dia.



segunda-feira, 12 de outubro de 2009

A ideia do blog

Meu nome é Valéria. Tenho uma linda história de amor com meu marido Leonardo que foi surpreendida por uma grande injustiça. Há 2 anos e 9 meses, no dia 11 de janeiro de 2007, Felipe, nosso príncipe tão planejado e esperado, nasceu em um dos melhores hospitais do Rio de Janeiro.

Felipe foi vítima de erro médico durante o parto, e um bebê totalmente saudável durante a gestação sofreu lesões cerebrais gravíssimas e irreversíveis, em decorrência de asfixia. Ficou 5 meses internado na UTI e veio pra casa com uma estrutura de home-care, como vive até hoje, em estado vegetativo, respirando com ajuda de aparelhos e se alimentando por sonda. Felipe nem sequer abre os olhos, mas tem os olhos verdes mais lindos desse mundo.

Sempre tive vontade de gritar para o mundo o meu desespero e de meu marido, de nossas famílias, amigos e todos que participaram e participam dessa nossa luta. O desespero de ver os médicos que fizeram isso com ele impunemente trabalhando por aí, fazendo um parto atrás do outro e passeando felizes com suas famílias, enquanto as vidas do meu filho e da minha família foram completamente comprometidas.

A vontade de fazer esse blog é uma forma de me comunicar com o mundo, trocar ideias com pessoas que passam por situações parecidas, uma forma de "gritar" o nosso sofrimento, e mostrar como o amor salvou nossas vidas e nos faz respirar, andar, comer, trabalhar, enfim, nos faz viver. Felipe não fala, mas tem tanto a dizer, tanto a ensinar pra tanta gente. Eu gostaria que mais pessoas conhecessem a nossa história e do Felipe.

Convido a todos para me "ouvir" e conhecer a história do meu anjinho...

31 comentários:

  1. Parabéns, xarazinha! Acho que você escolheu o caminho certo para lidar com o assunto... Fico feliz em ver que o amor tornou vocês mais fortes.

    Muito orgulho de você!!!!

    Boa sorte nessa vida blogueira,

    Sua xará

    ResponderExcluir
  2. Leo e Valéria:
    Admiro vcs pela dedicação e amor um ao outro e ao Felipe.
    Vamos propagar sua história para que ele saiba que lutamos pela justiça.
    A força é necessária e vcs dois a possuem.
    Contem comigo para tudo que precisarem e eu puder fazer. bjs vovó Helena

    ResponderExcluir
  3. Vavá é minha irmã e Leo meu grande cunhado. Não sei o que dizer, mas só sei que como ela mesma disse o amor tem sido o suporte para tamanha amargura. Felipe não verbaliza, mas também como sinalou, ele tem muito a dizer. Tenho aprendido muito com eles, principalmente a compreender a dimensão infinita do amor que vai além das fronteiras do conhecido, do tradicional, do convencional e convencionado e alcança as esferas mais sutis da dimensão humana.
    Vocês são vitoriosos na verdade e no amor. Beijo! Zêro

    ResponderExcluir
  4. Val e Leo,
    Ufa!Que lindo!
    Nos conhecemos no momento mais complicado das nossas vidas!Quando nossos filhos estavam internados na mesma Casa de Saude.Aprendi muito naquele periodo e talvez,mesmo que eu encontre as melhores palavras, nunca vou conseguir provar para vcs o quanto vc,Léo,Felipe, foram importantes para todos nós...
    Essa correria louca que é a vida,junto com um pouco de negligencia minha,nos distanciou,mas continuo com vcs aqui no meu coração.
    Continuo sentindo um orgulho monstro por vcs!
    Continuo com um sentimento mega de impotencia!Queria tentar faser alguma coisa para mudar o final dessa historia...Um capitulo talvez...
    Mas infelizmente não dá,né?
    Mas tô aqui,pro que der e vier!
    Cheia de orgulho de vs!Torcendo!
    Contem com a gente!
    Com carinho,
    Flavia Ribeiro,Victor Coutinho e familia

    ResponderExcluir
  5. Queridos Vizinhos,

    Confesso que me emocionei com esse blog ! Admiro a sintonia de vocês. Acho que escolheu um caminho legal de lidar com o assunto, que é a criação do blog ! Vamos em frente e não esqueçam que estou no andar de cima ! grande beijo, Fernanda e joaquim

    ResponderExcluir
  6. Valéria e Leo,
    Confesso que minha mente transborda de pensamentos e sentimentos sempre que penso em vocês e no Felipe. É desesperador quando nos deparamos com os sentimentos de impotência e injustiça...ainda mais quando se trata da vida humana. E que vidas: Valéria, minha amiga que sempre considerei como irmã, Leo, que passou a ser amigo muito querido, e Felipe, uma criança inocente e linda! Tenho vontade de envolver vocês em meus braços e dizer "descansem, não se preocupem com mais nada, pelo menos por esta noite..."! Vocês mereciam isso. Mas infelizmente tudo que posso oferecer é carinho e apoio. Sei que um dia vocês terão esta noite sem preocupações. Torço por isso todos os dias.
    Contem comigo para divulgar este blog, esta injustiça.
    Amo vocês! Juliana

    ResponderExcluir
  7. Valéria e Léo,

    Me emociono muito com a história de vcs e admiro a força que vcs têm ao passar por tudo isso. Acho que estão certíssimos em compartilhar com as outras pessoas pois ajudarão ,certamente, muitas outras que estão passando por algo parecido , e precisando de força e palavras de coragem e amor.

    beijos

    Marcia Xavier

    ResponderExcluir
  8. Queridos Valéria e Leo,
    Vivenciar situações como essa,só quem tem muita força espiritual.Vocês estão sendo exemplo para muita gente e mostram que só alicerçados no amor podem superar as dores de tão triste acontecimento.Que pais queridos o Felipe tem !
    Lembrando sempre de vocês,tenham a certeza de minhas orações.Um beijo muito carinhoso da prima Angela.

    ResponderExcluir
  9. Val e Léo,
    impossível não se emocionar com a história de vcs. Fiquei aqui, chorando, olhando para a tela do computador, querendo dizer uma porção de coisas e ao mesmo tempo não tendo nada pra dizer - são tantos sentimentos e muito poucas as palavras. Mas queria que vcs soubessem que eu tenho muito orgulho de vcs - por toda a força que vcs têm, por serem tão guerreiros como vcs são, por esse amor imenso que une os três e acima de tudo por serem os melhores pais que Deus poderia escolher para o Felipe. Achei a idéia do blog sensacional. Tenho a certeza de que vcs vão ajudar muitas pessoas - e isso vai fazer um bem enorme a vcs mesmos.

    Um beijo enorme com muito carinho,
    Nanda

    ResponderExcluir
  10. Oi Valéria e Leo,
    Estou acessando pela primeira vez a menssagem de vocês, porém os admiro e respeito de longa data.Conheci Felipe na UTI e mesmo sabendo da possibilidade dele não me perceber,sempre procurei trata-lo como se isto fosse possível e hoje,não por ciência mas pelo sentimento,sei que ele sempre ouviu e ouve aquels que querem o melhor para ele e para vocês.
    do seu amigo, João Carlos.

    ResponderExcluir
  11. Valéra e Leo, com certeza vocês são pessoas iluminadas e este lindo ser FELIPE, tem muito para nos ensinar. Eu também tenho uma lina estória de AMOR e sei que vcs sempre estarão juntos traçando o melhor caminho para esta família. Dê um ENORME beijo no Felipe por mim e dig que minha anja iluminada Beatriz estará fazendo ele rir em seus sonhos. SOMOS MÃES /PAIS GUERREIRAS E ESTE AMOR NÃO SE MENSURA, SÓ SENTE COM TODA INTENSIDADE
    Márcia Costa - amiga da Flora Penido

    ResponderExcluir
  12. Irmãos, nossa vida transcende pra muito além desse mundo material, concreto, de ilusão. Somos espírito e matéria e TUDO que possui vida tem uma missão. Nada é por acaso. Cada pequeno gesto no mundo reverbera, reverbera, reverbera... Amor em união é a chave do coração, e isso voces possuem e NADA mais poderá tirá-la de voces. Muita força nesse caminho e obrigado por honrar nossa humanidade na luz desse padecimento. Para a pequena estrelinha de voces: AMOR, AMOR, AMOR... Cláudia.

    ResponderExcluir
  13. Valeria e Leonardo,acompanhei esta reviravolta alguns dias depois do Felipe nascer.Fabiano,eu e Max convesamos sobre a situação do nosso guerreiro Felipe, exames e as coisas todas que voces sabem melhor do que todos juntos.Felipão não poderia ter maior e melhor sorte do que ter voces como pais.Voces são iluminados e motram que o amor e a união ajudam a transpor as dificuldades. Tenho uma grande admiração por voces.Felipe está sempre na minha lembrança.Um grande abraço e muitos bjjjjjjjsssss no Felipe.
    Gizélia Amaral- amiga da vó Helena

    ResponderExcluir
  14. Caro amigo Leo,
    Ontem li e reli algumas vezes sua carta e a da Valéria (que ainda não tive o prazer de conhecer). Me emocionei, chorei e fiquei um bom tempo refletindo sobre o valor que damos a tudo à nossa volta, pessoas e coisas... Guardadas imensamente as proporções (quero dizer que não se compara à luta de vocês dois), sofri como pai desde que meu filho nasceu também... Gabriel tem 8 anos e, por um problema (que ainda não se conhece a causa, genética ou não), teve de passar por muito sofrimento (isso ninguém pode imaginar) e quase uma dezena de cirurgias (ainda não acabaram). Sei que terá jeito (ele leva uma vida absolutamente normal hoje) e agradeço ter recursos (materiais e, principalmente, emocionais - que poucos têm, não é?) para lidar. Penso também que o AMOR de verdade, em sua maior expressão é este que vocês vivenciam com o Felipe e eu com meu Gabriel, que nos "sugam", mas nos premiam com muito mais energia para prosseguir! Difícil entender as dificuldades do caminho, mas nossos pequenos anjos ajudam a iluminá-lo e nos fazer pessoas melhores...
    Admiro vocês dois como pais e companheiros!
    Um forte abraço,
    Guilherme

    ResponderExcluir
  15. OLÁ Valéria e LEONARDO.

    bonito o gesto de um BLOG,TODOS PRECISAMOS EM ALGUM MOMENTO, UMA PALAVRA DE CARINHO,aqui segue as minhas: Muita força,harmonia e paz de espírito.
    desejo de coração:Amor Pérola Presman, amiga de Sueli Polonia Vasconcellos,amiga de Helena

    ResponderExcluir
  16. Muito bonita a história! Ele é tão fofinho!
    É uma pena que estas fatalidades do destino aconteçam.
    A Justiça de Deus nunca falha. Tenhamos sempre fé, mesmo diante das situações que a vida nos coloca.
    O que vale é aprendermos sempre algo mais, até nas dificuldades.
    Que a justiça sempre prevaleça neste país e que as famílias encontrem conforto em seus corações.

    bjs


    Mirela Roux de Oliveira

    ResponderExcluir
  17. Me lembro bem daquele reveillon de 2006, onde voce linda gravida, desejava a chegada do ano novo mais do que ninguem, pois logo viria janeiro e voces estariam com o Felipe no colo.
    Gravidez perfeita!!
    Que bom que voces fizeram esse blog, assim muitas pessoas podem realmente saber o que aconteceu com o Felipe.
    Contem comigo no que precisar e tambem para divulgar essa injustica.
    Beijao, Vania

    ResponderExcluir
  18. Queridos primos:
    Sempre estou perguntando sobre voces. Acompanho a situacao desde o inicio e conversei com muitos medicos do Childrens Hospital of Philadelphia onde trabalho vaz varios anos e sei que o chefe da NICU (Neo-Natal Intensive Care Unit) entro em contato com voces apos receber as informacoes enviadas.
    Lamentavelmente ele nao pode fazer nada para mudar essa triste situacao, e me disse que tudo ficaria em maos de Deus. Mesmo conhecendo o grande sofrimento de muitas familias que vem para este hospital,so posso imaginar como realmente voces se sentem e rezo todos os dias para que tenham forca e corragem. Sei que esse anjinho que voces tem dentro de casa da forca para voces e fortalece o amor.
    Recebam muitos beijos dos primos de Philadelphia.
    Carinhosamente
    Sandra

    ResponderExcluir
  19. Valéria ,
    Confesso que fiquei emocionada com a força de vocês ! Sei que é uma batalha diária e que de alguma forma esperamos um milagre . Mas , a vida , nem sempre é como gostaríamos . O que eu puder ajudar , conte comigo .
    beijo carinhoso ,
    Olivia Bernardes

    ResponderExcluir
  20. Valéria, recebi a notícia do blog e fiquei emocionada mais uma vez.
    Nos conhecemos por meio do trabalho há muitos anos atrás e sempre tive carinho pela pessoa que você é, e também pela profissional que sempre foi, competente sem deixar de ser uma excelente pessoa.
    Uma pessoa que nunca, mesmo com todo a injustiça acontecida no nascimento do Felipe, deixou de mostrar seus valores como ser humano.
    Lembro da gente no escritório da Rio Branco falando da vida, do futuro, do que construiríamos para nossas vidas.
    Admiro você e o Leo pela forma como, desde o nascimento do Felipe, demonstraram de forma clara, o amor por ele.
    Tenho um carinho muito grande pelo Felipe, e apoio a sua iniciativa do blog, de permitir que a gente possa acompanhar, discutir,trocar experiências com outras pessoas que vivam ou não a mesma situação.
    Sou testemunha do enorme carinho, amor e dedicação de vocês ao Felipe, lembro quando visitei vocês em casa pela primeira vez que todos esses sentimentos e essa força estavam presentes - emanava do Felipe, emanava de vocês e até das paredes da casa. Um amor lindo, sem limites.
    Força e estarei sempre aqui.
    beijos

    Graça

    ResponderExcluir
  21. Ai que coisa mais linda!!!!!
    Estou viciada nesse " blog" (ô, palavrinha estranha,né?)
    Ai, só mensagens lindas e cheias de positividade que para vcs deve fazer um bem enorme pois eu mesma sinto coisas boas lendo os recados.
    Parab´nes mais uma vez,
    Bjs Flavia, Joao e Victão

    ResponderExcluir
  22. Valéria e Léo,
    Achei maravilhosa a idéia de vcs terem criado esse blog ! Não só por terem contado a história de vcs , mas tb por poderem desabafar um pouco...Queria mto q vcs soubessem q tem exatamente 2 anos e 9 meses q não tem um dia sequer q não penso em vcs ( sempre comento isso com a Jú) e sempre rezo para vcs terem força e paz ! Tenho certeza q o Felipe não poderia ter pais melhores e ele veio como um anjinho para mostrar q vcs são mto mais fortes do que imaginavam. Não tem como apagar essa fatalidade mas só peço q vcs continuem forte e seguindo a vida....
    Um beijo mto carinhoso para vc e Léo
    Alessandra ( amiga Jú)

    ResponderExcluir
  23. Estou muito emocionada, pois me chamo Valéria, tive um filho de nome Filipe, sou médica, ele foi vítima também de um erro médico....mas o meu Filipe eu perdi para sempre. e NUNCA mais consegui engravidar......Xará....isso mesmo, ame esse fofo com todas as suas forças, dê a ele todo o carinho do mundo......filhos...são a nossa alma...por isso que hoje eu não a tenho mais!
    beijo no coração!

    ResponderExcluir
  24. Valéria e Léo,

    Hoje fiquei sabendo que vocês fizeram esse blog, apesar de já conhecer a história do Felipe e participar um pouco da vida de vocês vim ver e ler o que vocês tinham escrevido. Confesso que fiquei na dúvida se postava um comentário, pois acho difícil encontrar palavras de conforto. Mas depois que li a carta que o Léo fez para você, me deu vontade de escrever. Já que é publico vou descrever um depoimento. Ainda tenho o e-mail que recebi do convênio solicitando a avaliaçao do Felipe. Logo que recebi fui avaliar uma criança que nao sabia o diagnóstico. Quando cheguei na neonatal lá estava o Felipe já traqueostomizado mas em ventilaçao em sua companhia estava você e o Léo. Bom uma coisa nova estava acontecendo.....iriamos levar o seu filho para casa e naturalmente vocês estavam cheios de dúvidas, medos, inseguranças e eu após essa avaliaçao hospitalar fui em sua casa conhecer o quarto que o Felipe iria ficar e conversar com vocês sobre o que era o Home Care. Bom levamos o felipe para casa e com certeza você teve alguns sentimentos e sensaçoes que provavelmente ainda nao tinha tido. Foi uma invasao (desculpe-me mas o mel teclado está sem o til), técnicos de enfremagem 24 horas três pessoas que se reversavam, três fisioterapeutas que íam na sua casa duas vezes ao dia, médico, sem contar com as minhas visitas e as visitas da assistente social que nao eram previstas. Quer dizer uma coisa nem planejada, muito menos esperada. Sabe avalio muitas crianças que ou nasceram com uma doença genética ou tiveram problema na hora do parto, como o Felipe. E tento na hora que estou avaliando nao questionar o porque das coisa, uma vez cheguei a pedir para nao fazer avaliçoes em crianças pois aquilo me dixava triste, pois além de ler a história no prontuário eu tinha que conversar com os pais e ver nos olhos deles e em suas falas suas tristezas e suas angustias. Bom no caso do Felipe atualmente entro em cena quando há algum problema que preciso resolver ou algo em posso ajudar, nao faço mais as minhas visitas repentinas. Mas em minhas primeiras visitas saia muito angustiada da casa, por que é impossivel você olhar para o Felipe e nao perguntar "Porque". Mas uma vez uma das maes das crianças que temos no Home Care foi lá para dar uma palestra sobre uma medicaçao que sua filha tinha começado a tomar. Toda a equipe estava presente em sua apresentaçao e uma frase que ela falou me tocou muito ao ponto de eu sair para ir ao banheiro chorar escondida, a frase era " sei que a doença da minha filha nao tem cura, mas quem sabe com essa medicaçao eu consiga protelar a vida dela e com esse tempo nao conseguimos achar a cura", descrevo pois a frase me mostrou que esperança essa mae tinha, era um amor que ali ninguém podia mensurar. Continuo avaliando as crianças, ainda nao me tiraram essa tarefa, mas hoje acredito que talvez eu possa ajudar, com palavras, demostrando o meu respeito, com filtros e sensores (brincadeira), colocando bons profissionais, enfim, de alguma forma confortar os pais que passam por essa situaçao. Achei valéria esse passo que você deu de fazer um Blog uma coisa muito benéfica para vocês, pois vocês irao ver que muitas mas muitas pessoas e famílias passam por isso, o pobre, o rico, o milhionário, o médico, o engenheiro....todos. É uma fatalidade que nao há aceitaçao e nem explicaçao e com certeza só quem passa sabe a dor. Bom vou finalizar pois acho que está enorme o meu depoimento dizendo que adimiro vocês dois, sao pessoas fortes e que apesar do problema, da dor, da tristeza estao caminhando juntos de maos dadas um olhando para o outro, um se apoiando no outro e isso é muito importante, pois na maioria as pessoas nao conseguem caminhar juntos. Gosto muito de vocês e espero sempre que puder ajudar.

    Beijos grande

    Nara Leal

    ResponderExcluir
  25. Tia Aline Loja
    Fiquei sabendo desse blog, estava andando na rua com minha irmã e a Valéria ligou avisando pra ela que tinha feito um blog, achei super interessante, fiquei super feliz em saber da atitude de vcs ao expor suas vidas e do Felipe, e que isso possa ajudar muita gente que esteja passando por sofrimentos parecidos e tbm uma forma de vcs verem o carinho que todos tem por ele. Fui fisioterapeuta do Felipe, pelo Home Care por um 1 ano, mais ou menos. Eu e mais outras profissionais da fisioterapia, realmente a história do Felipe e de deixar qualquer pessoa impressionada e triste. Por muitas vezes vi o sofrimento da Valéria e do Leonardo, o corre corre do trabalho para casa e os estresses do dia a dia, não é facil ver sua casa cheia de gente pra lá e pra cá, tirando completamente a privacidade e rotina da família. O quarto do Felipe era uma paz, uma tranquilidade, um quarto lindinho,alegre, cheio de bichinhos(lembro que ficava encantada com cada um deles) e com aquelas musiquinhas que eu adorava. E as roupinhas dele, era uma mais linda que a outra, nunca vi criança mais bem arrumada que o Felipe.
    Valeria e Leonardo, admiro a força que vcs tem, e o amor incondicional pelo Felipe, confesso que fiquei muito emocionada com as palavras de todos aqui no blog, parabéns pela iniciativa e pela coragem. Não atendo mais o Felipe, mas nunca vou esquece-lo, tenho um carinho enorme por ele. Guardo comigo a foto que tenho com ele, a lembrancinha do batizado e os momentos em que estive aí.
    Um super beijo
    tia Aline

    ResponderExcluir
  26. Achamos fantástico você criar esse blog aonde tivemos o privilégio de ver uma carinhosa e vitoriosa mãe com seu anjo ao colo e também para mostrar o exemplo de força e dedicação de uma familia unida. A caminhada é árdua mas o amor de vocês, paciência e esperança, ainda que muito dificil, faz com que consigam manter o ritmo de vida junto ao LINDO Felipe.
    Grande carinho,
    Solange e Marcos

    ResponderExcluir
  27. Achei fantástico vc criar esse blog onde eu tive o previlégio de conhecer o Felipe quando
    liguel para o Thiago fale, preciso de uma Benção ele me falou
    tenho uma para vc e o Felipe pellon mais vc
    vai querer vou -la gostei tanto que comecei ate no Domingo, um olhar amigo alegra o coração; uma boa noticia faz agente-se sentir bem(Pv15;30) tia jajapaixao

    ResponderExcluir
  28. Queridos primos Valeria e Léo... MARAVILHOSA iniciativa... essa é uma corrente de AMOR e de justiça... obrigada pelo convite e contem conosco! Beijo grande no Felipe! Jô, Andre, Otávio e Arthur.

    ResponderExcluir
  29. Valéria gostei de conhecer o seu blog, o Felipe e saber um pouco da sua rotina.Que DEUS continue vos dando força. Beijos da xará da vó Helena.

    ResponderExcluir
  30. Valeria

    Estou aqui no blog, vendo as novas fotos do Felipe com suas "tias' que dão a ele cuidados diários. Li a mensagem da nossa querida amiga Marcia, amiga não né, irmã como poucas pessoas têm e lendo as palavras dela tenho que reafirmar o que ela disse: Felipe é cuidado com um carinho enorme, muito cheiroso e realmente o pé é fofíssimo.
    Um beijo da Tia Graça

    ResponderExcluir
  31. Olá Valéria!!!
    Confesso que hoje que cosegui postar um comentário para vcs. Abri o seu blog na sexta-feira e hoje retornei novamente para escrever.
    Chore e muito quando vi as fotos e abracei meu filho Joao Pedro por uns 10 minutos olhando para os olhos dele fixamente e agradecendo a Deus por ele ter algumas reações que infelizmente o Felipe nao tem.
    Fiquei muito emocionada com tudo... principalmente com sua dor e pude imaginar tambem que poderia estar passando pelo mesmo. Até passo, mas sinto que em proporção menor.
    Estamos no mesmo barco, filho com quadro comprometido por negligencia de medicos.
    Valeria, quero deixar registrado aqui que apesar de nao te conhecer pessoalmente, noto o quanto você é FORTE!! Um exemplo de mulher que tem AMOR NO CORAÇÃO!
    TE ADMIRO MUITO!!
    Desejo tudo de bom para o grande GUERREIRO FELIPE e sua FAMILIA!
    Ah, nao poderia deixar de agradecer das vezes que liguei desesperada com a situação do Joao Pedro e você me atendeu muito bem. Obrigada!!!
    Beijos.
    Isis Sampaio e família.
    Meu e-mail cunhaisis@hotmail.com

    ResponderExcluir